“A felicidade é um estado permanente que não parece ter sido feito, aqui na terra, para o homem.”

Jean Jacques Rousseau

 

Não posso deixar de discordar com este pensamento.

Para mim, felicidade é o caminho que percorremos quando sabemos qual o nosso fim.

Podemos cantar no meio de açoites, escuridão e terror, porque vemos mais além.

Lutamos sem armas, com instrumentos musicais, porque seguimos firmemente O nosso maestro.

Não tememos quando confrontados com gigantes, porque maior é Aquele em quem confiamos.

Não cedemos à pressão de um mundo inteiro, mesmo que achem que endoidecemos por construir uma arca, num planeta, em que não chove.

Saímos da nossa terra, sem saber para onde vamos, porque ouvimos a Sua voz.

Somos loucos aos olhos dos demais, porque não sermos a regra…

Estamos felizes, quando deveríamos estar tristes…

Este é o meu povo!

Este é o meu caminho!

Não estou feliz, sou feliz pois o meu coração vê…

 

“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem. “

 

por Cláudia Pinho

Categories:

Tags:

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *